face email

Começa nesta quinta-feira o Festival Comida de Buteco, na orla da Praia dos Cavaleiros, com 22 pratos nos estandes

Macaé CVB 05-01A partir de quinta-feira, 07, até sábado, 09, a orla da Praia dos Cavaleiros em Macaé será o cenário da segunda edição do Butecando na Orla com 22 pratos de comida de boteco sendo comercializados nos estandes, cervejarias artesanais, bares, food bikes com sobremesas, espaço kids e shows. Na quinta-feira, 07, a sambista Lita Lopes convida Jorge Benzê e Júnior do Mistura Rica. Na sexta-feira, 08, o agito fica por conta de Vicente de Paula, juntamente com Jacy Timóteo, Malaca, Merica, Amilton Alemão. No sábado o evento será encerrado nas vozes de Amanda Amado, Ricardo Badaró e Andrea Martins.  A  novidade desta edição será o julgamento com premiação dos  pratos, que  será feita no último dia.  A Sommelier em Cachaça, Isadora Bello  Fornari, uma das juradas , também estará no sábado, fazendo uma apresentação sobre Cachaças. Os pratos serão vendidos com preços entre  R$15,00 e R$25,00. Na quinta e sexta o Butecando começa às 18h e no sábado  a partir das 16h com entrada gratuita.

O presidente do Polo Gastronômico Praia dos Cavaleiros, Renato Nicoli, ressalta que os pratos começaram ser comercializados nos restaurantes a partir do lançamento do projeto, em 15 de novembro e que   agora o festival estará na rua como  encerramento dos eventos do ano promovidos pela associação. Esta edição conta com oito botecos da cidade convidados além dos restaurantes do Polo Gastronômico Praia dos Cavaleiros totalizando  os 22 pratos. A eleição do melhor prato ficara por conta dos chefs convidados e também de pesquisa de opinião pública. O evento está no calendário oficial do município e conta com o apoio da Prefeitura.O Polo é formado por 16 restaurantes: Bem Natural, Devassa,  Durval Gastronomia, Estação da Praia, Ilhote Sul,  Kebab Store, Luigi Ristorante, Parada do Chopp, Picanha do Zé, Seu Adonias Botequim, Lancheria, Guria Café e Brigaderia, XurrasClube, Boteco do Bigode, Le Blanc e Frutos de Goiás.

COMIDA DE BUTECO – Comida di Buteco é considerado o maior evento gastronômico de Minas Gerais e um dos maiores do Brasil. Foi criado em 1999 pelo gastrônomo Eduardo Maya e teve seu lançamento no ano de 2000 na cidade de Belo Horizonte. Todos os anos entre de abril e maio é realizada a competição anual de bares, o  que serve de pretexto para visitar diversos botecos de 20 cidades do Brasil .Durante um mês em busca dos melhores petiscos ou tira-gostos, como dizem os mineiros. Quase 500 botecos disputam em categorias como higiene, temperatura da bebida, atendimento e principalmente, tira-gosto. Os vencedores são decididos não só pelos jurados mas também por votação popular. Nacionalmente conhecida como a “capital nacional do boteco”, existem em Belo Horizonte cerca de 12.000 estabelecimentos, mais bares per capita do que qualquer outra grande cidade do Brasil. A culinária mineira é uma atração concomitante que acompanha bem a cerveja, o chope, o vinho ou a famosa cachaça mineira.

CACHAÇA – A Sommelier de Cachaça, Isadora Bello Fornari, vai  explicar o mundo da “MARVADA” durante o Butecando na orla. Conhecida popularmente  como pinga, marvada, branquinha, cana ou canha,  a cachaça, em especial a artesanal, está  cada vez mais se tornando a queridinha do país. A aguardente tipicamente nacional,  tem feito parte de mesas de  botecos a requintados  restaurantes e confrarias.  Feita a partir de canas rigorosamente selecionadas, a cachaça artesanal é apontada como a nova preferência  dos degustadores , amantes e curiosos. E ao contrário do que muitos pensam  a cachaça preenche cardápios de uma gastronomia diversa deixando de ser apenas aperitivo. Durante a realização do 8 Festival Macaé Cultura e Gastronomia,  uma das atrações foi a Sommelier em Cachaça, Isadora Bello  Fornari.

O valor da cachaça varia e já há bastante Sommelieres  ensinando a harmonização da bebida .Assim como os vinhos, cervejas e whisques, as cachaças ganharam “pedigree” e não é mais coisa de “pé de cana” como se dizem por aí. Se vai uma branquinha? Que seja refinada e com requinte. A cachaça vai muito além do shot. A história a cachaça se mistura com a história do Brasil e com o manejo da cana-de-açúcar, principal atividade agrícola por anos na região norte fluminense do Estado do RJ. Hoje a produção está alicerçada na tecnologia de ponta e na paixão por sabores e combinações.

Conheça os Pratos do Butecando:

1)BEM NATURAL
Porco loko
Suculenta porção de mignon suíno desfiado cozido com especiarias e vinho branco, servido no pão de sal.
Chef: Raphael Bortoni

2)DEVASSA
: Gato Mia
Churrasquinho misto de carne, frango e linguiça acompanhado de farofa, molho à campanha e mandioca cozida.
Chef: Virgílio Paixão

3)DURVAL GASTRONOMIA
Arrepiado
Bolinhos de carne seca desfiada com maionese do chef.
Chef: Geraldo Corrêa

4)ESTAÇÃO DA PRAIA
Croquete da Estação
Croquete de carne com mostarda escura.
Chef Patricia Aparecida

5)FRUTOS DE GOIÁS
Danado do Bitelo
Hamburguer de costela preparado no disco de arado com  queijo cheddar, farofa de bacon, molho rústico apimentado servido no brioche de espinafre.
Chef: Junior Barcelos

6)ILHOTE SUL
Ceviche Peruano
Ceviche de tilápia com leite de tigre de limão tahiti, siciliano e lima da Pérsia, batata doce, milho, cebola roxa, pimentas, coentro, tomate e chip de banana da terra.
Chef: Renato Martins

7)KEBÄB STORE
Muffin Salgado
Bolinho de carne seca ou frango ou calabresa recheado com uma bomba de catupiry que explode e escorre do seu interior.
Chef: Miriam Dias Barbosa

8)LANCHERIA
Costela Bêbada
Lascas de costela bovina assada na cerveja e aipim cozida com manteiga de garrafa.
Chef: Roberta Ferraz

9)LE BLANC GASTRONOMIA
Mexidão da madrugada
Pernil, linguiça da roça, torresmo de barriga, ovo mole e pimenta biquinho.
Chef: Rafael Coelho

10)LUIGI RISTORANTE
Filézola
: Filet mignon ao molho de gorgonzola acompanha pãozinho de raspas de parma.
Chef: Preta Maria

11)PARADA DO CHOPP
Escondidinho de rabada
Rabo de boi desfiado com agrião, polenta cremosa, gratinadas com queijo coalho e parmesão.
chefs: Irineu / Rodrigo

12)PICANHA DO ZÉ
Bolinhos do Zé
Bolinho de bacalhau desfiado recheado com queijo, acompanha de um molho aioli com parmesão.
Chef: Valéria Monteiro

13)SEU ADONIAS BOTEQUIM
: Arroz Califa
Arroz com cordeiro, lentilha, crisp de cebola ao molho de iogurte grego com hortelã e alcaparras.
Chef: Renato Martins

14)XURRASCLUBE
Trio Xurras
Bife de chorizo, picanha suína, linguiça de cordeiro com farofa de alho St. Rita.
Chef: Julio

CONVIDADOS:
1) Cafundó
Bolinho de Feijoada
Bolinho de feijoada crocante por fora e cremoso por dentro. Recheado com couve mineira e linguiça calabresa.
Chef Juliana

2) SÃO JOÃO
Trio de Minas
Queijo coalho, polenta frita e torresmo acompanhado da cachaça Durvalina (envelhecida em toneis de Carvalho).
Chef Alan Tercio

3)ESQUINÃO
Costela no Bafo
Costela no bafo com aipim e manteiga da terra.
Chef Laércio Ferreira.

4)PETISCO DO DUQUE
Desfiadinho do Duque
Costela no bafo desfiada, puxada na manteiga de garrafa, regada com cebola e alho poró com chips de aipim.                        
Chef Giovana Mendonça

5) CHICO PEDRA
Vai Plantar Batata
Batata doce, batata inglesa,  carne seca, creme especial de aipim, ervas finas e queijo coalho.
Chefe Leandro Costa

6) BENEDITO
Linguiça CroC
Linguiça de pernil defumada envolta de chips de batata-doce. Acompanha molho barbecue ou quatro queijos.
CHEFE Tatiana Leandro

7) POLO MACAHE ANTIGA
Porquinho de Kimono
Harumaki de lombo de porco desfiado, marinado no limão com especiarias, pimenta do reino e queijo provolone. Acompanha geléia de abacaxi com pimenta dedo de moça.
Chefe : Valdileia Amélia

8.  BUTECO DO IVAIR
Sabor do pecado
Cubos de carne seca, linguiça mineira, aipim cozido, queijo muçarela, tomates cereja e torresminho de alho.
Chef: Verônica Amado

Fonte: Assessoria de Imprensa Polo Gastronômico Praia dos Cavaleiros
Créditos da foto: Alle Tavares

 

Comente!

*