Repensar o futuro de Macaé no dia do aniversário da cidade

A história de Macaé é representada por empresários que enxergam a responsabilidade em contribuir com o crescimento econômico e social da cidade

Nesta quarta-feira (29), dia em que Macaé celebra 207 anos, o Repensar Macaé promove um encontro on-line que propõe a discussão de medidas de fortalecimento de todas as atividades econômicas locais, através da criação de oportunidades para novos negócios, garantindo a geração de emprego a partir do desenvolvimento sustentável da cidade e da região.

A participação no evento que acontecerá às 10h é aberta a todos os empresários locais ou que possuem negócios em Macaé e que buscam contribuir com ideias e soluções que possam alavancar e construir um novo ciclo de prosperidade para o município, durante os próximos 5 e 10 anos.

A iniciativa tem como base a expertise de todas as instituições que compõem o Repensar Macaé, um comitê criado com objetivo de tornar a cidade ainda mais forte, numa discussão que vai além da perspectiva da cadeia offshore.

“A história de Macaé é representada pela união de empresários que não enxergam apenas oportunidades de negócios, mas sim a sua responsabilidade em contribuir com o crescimento econômico e social da cidade. O Repensar surgiu como forma de integrar essas atitudes e que já deram resultados para Macaé, como a pauta da segurança no trecho entre a nossa cidade e o Rio de Janeiro através da BR 101”, afirmou o empresário Emerson Esteves.

Para participar do evento desta quarta-feira, é preciso fazer inscrição virtual neste link https://sys.redepetro-bc.com.br/registro-eventos/?action=evrplusegister&event_id=5 , ou solicitada pelo e-mail [email protected] Informações podem ser obtidas pelo telefone 2772-2858, o atendimento da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM).
“Escolhemos o dia 29 por representar o aniversário da cidade. O futuro de Macaé depende da contribuição de cada um de nós, que estamos dispostos a ouvir sugestões e a dialogar. Acreditamos na força desta cidade em superar todos os cenários. E juntos vamos contribuir com esse novo processo”, afirma o empresário e coordenador do Comissão Municipal da Firjan, Evandro Cunha.

O Repensar Macaé é formado por representantes da ACIM, Comissão Municipal da Firjan, Rede Petro-Bacia de Campos, Federação do Conventions and Visitors Bureau (CVB), Sociedade de Engenheiros do Petróleo (SPE), Sebrae, Associação Macaense de Contabilistas (AMACON), Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) e Internacional Association of Drillings Contractors (IADC).

Comente!

*